Translate

21 de novembro de 2012

ARTE E MÚSICA - DIA DO MÚSICO EM PINTURAS E MÚSICAS - DIA DE SANTA CECÍLIA - PADROEIRA DOS MÚSICOS






PINTURAS COM MÚSICOS
 E INSTRUMENTOS MUSICAIS






"Madame Juliette Pascal no Piano"
Henri de Toulouse-Lautrec
Pintor pós-impressionista francês (1864-1901)





DIA 22 DE NOVEMBRO


DIA DO MÚSICO 

E DIA DE SANTA CECÍLIA 
A Padroeira dos Músicos



"Santa Cecília Tocando Órgão"
Jacques Stella
Pintor barroco francês (1596-1657)



Vários compositores e pintores homenagearam Santa Cecília ao longo dos tempos com sua arte, tanto pictórica quanto musical.




Música: "Ode para o Dia de Santa Cecília" - "Salve, Brilhante Cecília"
Henry PURCELL 
Compositor barroco inglês (1659-1695)





"Santa Cecília"
Francisco da Silva Romão
Pintor brasileiro (1834-1895)




AS ARTES SE INTERLIGAM
A PINTURA "FALA" COM A MÚSICA
A MÚSICA "TOCA" A PINTURA



O Piano e o Violino

Em Sons e Imagens


Abaixo um exemplo de música em que o piano "fala" com o violino.



Música: "Romance para piano e violino, op. 11"
 DVORAK
Compositor checo (1841-1904)






"A Sonata de Mozart"
Berthe Morissot
Pintora impressionista francesa (1841-1895)


"Moça ao Piano"
Auguste Renoir
Pintor impressionista francês (1841-1919)


"Jovem Tocando Violino"
Pietro Paolino
Pintor barroco italiano (1603-1681)




Música: "Capricho n.20 - Allegretto em D Maior - para Violino"
Niccolò PAGANINI
Compositor e violinista italiano (1782-1840)
Interpretada pelo vionistista Alexander Marcov











Música: "Rapsódia sobre um Tema de Paganini - op 43 var. 18"
Sergei RACHMANINOFF 
Compositor, pianista e maestro russo (1873-1943)






"Madame Camus ao Piano"
Edgar Degas
Pintor francês (1834-1917)


Peter Lely
Pintor barroco inglês (1618-1680)





Música: "Caprice 24"
Compositor:  Niccolò PAGANINI
Compositor e violinista italiano (1782-1840)





Retrato do Compositor Nicolló PAGANINI



A Música na Antiguidade

"Muitos historiadores apontam a música na antiguidade impregnada de sentido ritualístico e como instrumento mais utilizado a voz, pois por meio dela se dava a comunicação e nessa época o sentido da música era esse, comunicar-se com os deuses e com o povo. Observamos que, na Grécia, a música funcionava como uma forma de estarem mais próximos das divindades, um caminho para a perfeição – o termo "música", inclusive, teria origem nas Musas, divindades que inspiravam as ciências e as artes[1]. Nessa época, a música era incorporada à dança e ao teatro, formando uma totalidade, e ao som da lira eram recitados poemas. As tragédias gregas encenadas eram inteiramente cantadas acompanhadas da lira, da cítara e de instrumentos de sopro denominados aulos. Um destaque importante na antiguidade foi Pitágoras, um grande filósofo grego que descobriu as notas e os intervalos musicais.
Já em Roma a música foi influenciada pela música grega, pelos etruscos e pela música ocidental. Os romanos utilizavam a música na guerra para sinalizar ações dos soldados e tropas e também para cantar hinos as vitórias conquistadas, também possuía um papel fundamental na religião e em rituais sagrados, assim como no Egito, onde os egípcios acreditavam na "origem divina" da música, que estava relacionada a culto aos deuses. Geralmente os instrumentos eram tocados por mulheres (chamadas sacerdotisas). Os chineses, além de usarem a música em eventos religiosos e civis tiveram uma percepção mais apurada da música e de como esse refletia sobre o povo chegando a usar a música como "identidade" ou forma de "personalizar" momentos históricos e seus imperadores.
Da idade antiga em diante, os estilos musicais expandem-se tanto, que torna-se impossível definir a música universal apenas observando-se uma localidade (como a Europa), sendo necessária, portanto, uma subdivisão no estudo da história da música por continentes e nações."


Século XX

"No século XX houve ganho de popularidade do rádio pelo mundo, e novas mídias e tecnologias foram desenvolvidas para gravar, capturar, reproduzir e distribuir música. Com a gravação e distribuição, tornou-se possível aos artistas da música ganhar rapidamente fama nacional e até internacional. As apresentações tornaram-se cada vez mais visuais com a transmissão e gravação de vídeos musicais e concertos. Música de todo gênero tornou-se cada vez mais portátil.
A música do século XX trouxe nova liberdade e maior experimentação com novos gêneros musicais e formas que desafiaram os dogmas de períodos anteriores. A invenção e disseminação dos instrumentos musicais eletrônicos e do sintetizador em meados do século revolucionaram a música popular e aceleraram o desenvolvimento de novas formas de música. Os sons de diferentes continentes começaram a se exibir, enriquecendo ainda mais a cultura musical."
fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Hist%C3%B3ria_da_m%C3%BAsica




Música: "Silence" - Ludwig van BEETHOVEN
Compositor e pianista alemão (1770-1827)




Retrato de Ludwig von BEETHOVEN



Retrato de Antonin DVORAK
Retrato de Sergei RACHMANINOFF


Parabéns a todos os músicos!



Nenhum comentário:

Postar um comentário