Translate

21 de agosto de 2013

PINTURAS DO FOLCLORE BRASILEIRO E A ARTE NAIF






ARTE E FOLCLORE


PINTURAS DO FOLCLORE BRASILEIRO

E A ARTE NAIF



Dia do Folclore
22 de Agosto



O Folclore Brasileiro  



O folclore reúne todos os Mitos e Lendas do Brasil.
A mitologia, os contos, as superstições, crenças e  lendas populares formam a cultura popular brasileira.
Os personagens folclóricos brasileiros mais destacados são o saci-pererê, a curupira, o boitatá, o lobisomem, o boi-bumbá e mula-sem-cabeça.
Muitas festas populares folclóricas, com festividades, comemorações e contos folclóricos estão no nordeste brasileiro.



Bumba Meu Boi



"Bumba-meu-Boi" - Orlando Fuzinelli
Pintor brasileiro contemporâneo

Aracy
Artista naif brasileira




Vídeo-Música
Música: "Boi Bumbá" - Jackson do Pandeiro
Compositor e cantor brasileiro (1919-1982)
Vídeo com imagens da Festa do Bumba meu Boi do Maranhão









Festa do Bumba meu Boi

 Bumba meu Boi ou "Boi Bumbá", é uma das mais incríveis manifestações culturais do Brasil.
A rica mistura de dança, folclore, música, religião e teatro, fez surgir o Bumba-Meu-Boi do Maranhão. É uma tradição que se mantém desde o século XVIII e arrasta maranhenses e visitantes por todos os cantos de São Luiz, nos meses de junho e julho.



A Lenda do Boi-Bumbá

"A lenda do Boi-Bumbá é revivida nos desfiles da festa de Parintins, no Amazonas.
Conta que um peão, o Pai Francisco, com medo do filho não nascer com saúde, satisfez o desejo da esposa que queria comer língua de boi, matando o boi do seu amo. Ao descobrir o acontecido, o amo resolveu prender Pai Francisco com ajuda dos índios. Depois de muito sofrer, ele foi salvo pelo padre e o pajé. O pajé conseguiu a façanha de ressuscitar o boi. 
Na encenação, com o boi vivo novamente, a festa reinicia e segue intensa, em frenético e contagiante ritmo que envolve a todos."

Fonte: http://www.velhosamigos.com.br/boibumba.html

"Bumba-meu-Boi" - Aracy
Artista naif brasileira


"Bumba-meu-Boi" - Aracy
Artista naif brasileira



Aracy - Artista naif brasileira


Militão dos Santos
Artista naif brasileiro contemporâneo



"Festa do Bumba-meu-Boi"- Vanessa Lima
Artista naif brasileira contemporânea




Alice Masiero
Artista naif brasileira contemporânea


Gondim
Artista naif brasileiro

"Bumba-meu-Boi" - Cândido Portinari
Pintor brasileiro (1903-1962)



Arte Naif


Arte Naif é a arte ingênua, pura no seu conceito mais simples.
É uma arte mais livre, muitas vezes confundida como arte primitiva ou popular. O que não é errado porque ela realmente transmite a essência cultural do motivo a ser mostrado, sem preocupar-se muito com proporção e perspectiva.
A pintura naif se caracteriza geralmente como figurativa, muito colorida e rica em detalhes.



Iaras - Sereias

Alice Masiero
Artista naif brasileira contemporânea



A Lenda da
Sereia Iara

"A Iara é uma lenda do folclore brasileiro. Ela é uma linda sereia que vive no rio Amazonas, sua pele é morena, possui cabelos longos, negros e olhos castanhos.

A Iara costuma tomar banho nos rios e cantar uma melodia irresistível, desta forma os homens que a veem não conseguem resistir aos seus desejos e pulam dentro do rio. Ela tem o poder de cegar quem a admira e levar para o fundo do rio qualquer homem com o qual ela desejar se casar.

Os índios acreditam tanto no poder da Iara que evitam passar perto dos lagos ao entardecer."
Fontehttp://www.brasilescola.com/folclore/iara.htm




Saci em Ilustrações





"O saci-pererê é representado por um menino negro que tem apenas uma perna. Sempre com seu cachimbo e com um gorro vermelho que lhe dá poderes mágicos. Vive aprontando travessuras e se diverte muito com isso. Adora espantar cavalos, queimar comida e acordar pessoas com gargalhadas."


Saci - Origem

"O saci, também conhecido como saci-pererê, saci-cererê, matimpererê, matita perê, saci-saçurá e saci-trique, é um personagem bastante conhecido do folclore brasileiro. Tem sua origem presumida entre os indígenas da Região das Missões, no Sul do país, de onde teria se espalhado por todo o território brasileiro.
A figura do saci surge como um ser maléfico, como somente brincalhão ou como gracioso, conforme as versões comuns ao sul.
Na Região Norte do Brasil, a mitologia africana o transformou em um negrinho que perdeu uma perna lutando capoeira, imagem que prevalece nos dias de hoje. Herdou também, da cultura africana, o pito, uma espécie de cachimbo e, da mitologia europeia, herdou o píleo, um gorrinho vermelho usado pelo lendário trasgo. Trasgo é um ser encantado do folclore do norte de Portugal, especialmente da região de Trás-os-Montes. Rebeldes, de pequena estatura, os trasgos usam gorros vermelhos e possuem poderes sobrenaturais."
fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Saci




Música: "Saci-Pererê" - Jorge Ben Jorge
Compositor brasileiro contemporâneo


















O Saci Pererê de Monteiro Lobato

Saci - Desenho à nanquim de Monteiro Lobato


Livro infantil de Monteiro Lobato (edição de 1941) - com o personagem Saci


Livro infantil de Monteiro Lobato - com o personagem Saci
Ilustrações de Paulo Borges


Livro infantil de Monteiro Lobato - com o personagem Saci



Música: "Sítio do Picapau Amarelo" Gilberto Gil
Compositor brasileiro contemporâneo

(Tema do programa de TV "Sítio do Picapau Amarelo" da Rede Globo de Televisão)




Folclore

  A palavra folclore, é originária da língua inglesa, da junção das palavras folk, que significa povo; e lore, que significa sabedoria popular. Formou-se então a palavra "folklore", folclore, que quer dizer sabedoria do povo.

"Podemos definir o folclore como um conjunto de mitos e lendas que as pessoas passam de geração para geração. Muitos nascem da pura imaginação das pessoas, principalmente dos moradores das regiões do interior do Brasil. Muitas destas histórias foram criadas para passar mensagens importantes ou apenas para assustar as pessoas. O folclore pode ser dividido em lendas e mitos. Muitos deles deram origem à festas populares, que ocorrem pelos quatro cantos do país.
As lendas são estórias contadas por pessoas e transmitidas oralmente através dos tempos. Misturam fatos reais e históricos com acontecimentos que são frutos da fantasia. As lendas procuraram dar explicação a acontecimentos misteriosos ou sobrenaturais.
Os mitos são narrativas que possuem um forte componente simbólico. Como os povos da antiguidade não conseguiam explicar os fenômenos da natureza, através de explicações científicas, criavam mitos com este objetivo: dar sentido as coisas do mundo. Os mitos também serviam como uma forma de passar conhecimentos e alertar as pessoas sobre perigos ou defeitos e qualidades do ser humano. Deuses, heróis e personagens sobrenaturais se misturam com fatos da realidade para dar sentido a vida e ao mundo."





Obs.: Mais ilustrações, vídeos, músicas e informações sobre o SACI, na minha página de outubro de 2012, especial sobre o dia do Saci. No link: http://deniseludwig.blogspot.com.br/2012/10/arte-em-ilustracoes-no-folclore.html 

4 comentários:

  1. Parabéns!... Muito bom...gostei demais dos trabalhos...muitos artistas que não conhecia...adorei...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Rosa Melo. Estes trabalhos são lindos. São nossos artistas brasileiros colorindo nossa cultura, nosso folclore. Muito obrigada pela visita e volte sempre.
      Abraços,
      Denise

      Excluir
  2. Respostas
    1. Vários foram os autores das ilustrações do personagem folclórico Saci. Não se tem informação de qual foi o primeiro a ilustrá-lo. O Saci é um personagem baseado em origens de lendas indígenas e também da mitologia africana. Acredito que pode ser o autor infantil Monteiro Lobato quem desenhou e ilustrou o personagem do Saci primeiramente. Acima neste post, acrescentei uma ilustração feita em Nanquim por ele.
      Obrigada pela pergunta.

      Excluir