Translate

25 de outubro de 2013

PINTURAS COM SAPATEIROS E SAPATOS








ARTE E PROFISSÕES

PINTURAS DE SAPATEIROS E SAPATOS


Dia do Sapateiro
25 de Outubro



Sapateiro é um artesão.
Tem em mãos instrumentos de trabalho como toda atividade manual.



Van Gogh e Suas Pinturas de Velhos Sapatos:

Vincent van Gogh
Pintor holandês (1853-1890)

Van Gogh

"Par de Sapatos" - Van Gogh



Música: "Sinfonia em C major, I. Allegro Molto" - Vivaldi







"A profissão de sapateiro sobreviveu através dos séculos, sendo transmitida de geração à geração. Antigamente, os sapateiros, além de consertar sapatos, tinham também que fazê-los. Hoje em dia, ainda existe quem procure o artesão de mãos hábeis, que faz renascer esta atividade artesanal."

"Três Pares de Sapatos" - Van Gogh


Sapatos, Sandálias, Scarpins, Plataformas, Tamancos, Botas, Salto Alto, Salto Fino, Salto Anabela etc

São tantos tipos e nomes dos calçados.
Mas afinal, os sapatos servem apenas para proteger os pés ou são para enfeitá-los? As mulheres que o digam. Temos um par de pés e inúmeros pares de sapatos.








Antigamente os sapateiros fabricavam sozinhos os calçados, por encomenda ou não.





A profissão de sapateiro é uma das mais antigas da história.



"O Sapateiro" - Ferdinand Hodler
Pintor suíço (1853-1918)

"O Sapateiro" - David Fulton
Pintor escocês (1848-1930)



No passado os homens literalmente "gastavam as solas dos sapatos".

"Velhos Sapatos" - Grant Wood
Pintor norte-americano (1891-1942)


"O Sapateiro" - Jefferson David Chalfant
Pintor norte-americano (1856-1931)

Elena Flerova
Pintora russa contemporânea




A História do Sapato

"Os sapatos são uma das necessidades comuns em nossas vidas. Eles podem ser versáteis, seguirem a moda, elegantes e confortáveis e até fora do comum. Certamente, o sapato também tem sua própria história e devemos dar muito crédito aquele que criou o primeiro sapato. No início, nossos brilhantes antepassados ​usavam de alguns métodos para proteger os pés de pedras, areia e condições climáticas adversas. Esse é o primeiro par de sapatos do mundo. Este tipo de sapatos foram feitos de pele animal, desprovido de qualquer estilo ou forma. Neste caso é só para envolver o pé protegendo-o durante o tempo frio."





O Primeiro Calçado da História

"O primeiro calçado foi registrado na história do Egito, por volta de 2000 a 3000 a.C.. Trata-se de uma sandália, composta por duas partes, uma base, formada por tranças de cordas de raízes como, cânhamo ou capim, e uma alça presa aos lados, passando sobre o peito do pé."




O modelo de sandália Egípcia mais sofisticado:





"Datado de 3700 a.C., os primeiros sapatos usados ​​pelas pessoas foram chamadas 'sandálias' no Egito antigo. Também eram usados ​​na Grécia, Roma e Mesopotâmia. Durante a Idade Média, as sandálias foram abandonados por mocassins e botas. Uma forma primitiva de mocassim era usado pelos índios norte-americanos, bem como os esquimós. Este tipo de calçado foi o sapato padrão usado por colonos americanos até que Thomas Beard trouxe calçados de Londres para os Estados Unidos, em meados da década de 1500. Além disso, os antigos chineses tinham inventado uma espécie de sapatos com solas de madeira."

(AP Photo / Bata Shoe Museum, Toronto)



Os 'Tamancos' da Antiguidade

"Esta foto acima sem data, liberada pelo 'Bata Shoe Museum' de Toronto (Canadá), mostra um par sapatos de madeira 'qabaqib' com madres-pérolas cravadas. Estes alto do período Otomano qabaqib, medindo de 26 centímetros, 10 centímetros de altura, eram usadas por mulheres em saunas turcas para elevá-los acima dos pisos aquecidos. Este modelo Otomano inspirou muitos modismos europeus e as alturas crescentes de alguns 'qabaqibs' podem ter encorajado os fabricantes Chopine venezianos para fazer 'chopines' mais altos ainda que rivalizavam com o 'qabaqib'." 


Tamanco do estilo 'Chopine' Veneziano


Os 'Tamancos' Venezianos

"Que maneira estranha e complicada para evitar sujeira! Presente em todo o século 15, até o século 17, as mulheres vestiram o calçado com plataforma, a fim de garantir que as bainhas de seus vestidos não se tornasse cheia de lama e sujeira durante a caminhada. Os altíssimos sapatos eram populares em toda Veneza, e muitos especulam que houve uma correlação positiva entre a altura do salto e status social."






Os Tamancos Japoneses




Os Tamancos 'Clogs' Holandeses




Os Sapatinhos Chineses




Os Sapatos Femininos Altíssimos e Extravagantes da Atualidade







Sapatos com Arte






Santos Crispim e Crispiniano - Os Santos Padroeiros dos Sapateiros

Dia 25 de Outubro comemora-se o dia destes irmãos gêmeos que eram sapateiros e tornaram-se mártires e santos.






"Santos Crispim e Crispiniano são os santos padroeiros, cristãos franceses, de sapateiros, curtidores, e trabalhadores de couro. Nascidos em uma nobre família romana, no século 3 dC, Santos Crispin e Crispiniano, irmãos gêmeos, fugiram da perseguição por sua fé, terminando em Soissons, onde pregavam o cristianismo aos gauleses e faziam sapatos à noite".






Parabéns a todos sapateiros!!




2 comentários:

  1. Denise, essa história dos sapatos está fantástica. Eu tinha pensado em fazer uma matéria assim. Não sei se sairia tão boa quanto a sua...
    + beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Tais. Você é minha nova incentivadora, depois da minha jovenzinha amiga que é minha ex-aluna de pintura, Aline Teixeira Negosseki, que também é escritora, como você e me acompanha e incentiva desde que iniciei aqui, há um ano e pouco. Vou indicar a ela seu blog.
      E do jeito que você é criativa acredito que faria uma matéria muito legal também, nas pesquisas é começar e tudo vai fluindo como um rio de "ideias". Eu me divirto e me delicio com alguns temas que escolho.
      Beijo.

      Excluir