Translate

21 de dezembro de 2013

PINTURAS E FOTOGRAFIAS DE CATEDRAIS E BASÍLICAS - PINTURAS DE MONET DA CATEDRAL DE ROUEN





ARTE NA ARQUITETURA
E A PINTURA IMPRESSIONISTA DE MONET

PINTURAS, MÚSICAS E FOTOGRAFIAS
DAS CATEDRAIS E BASÍLICAS DE
ALGUMAS PARTES DO MUNDO





A série de pinturas que Monet realizou da Catedral de Rouen, na França, mostra as variações conforme as diferentes incidências da luz do sol que ele captou durante o decorrer do dia.
A música do compositor Debussy foi inspirada na mesma catedral.

"Catedral de Rouen" - Claude Monet



"O Clímax do Impressionismo"
"Catedral de Rouen" - Claude Monet

Claude Monet produziu diversas pinturas da Catedral de Rouen na França, num total de vinte "variantes", versões pintadas em diferentes momentos, do ano, hora, e dias, representando a incidência da luz na fachada da catedral.
Monet, como o fundador do impressionismo francês, não pintou preocupando-se com a estrutura arquitetônica e sim com a luz interagindo com as pedras das paredes da catedral.





Música "La Cathédrale Engloutie" - Debussy
(A Catedral Submersa)

Em 1910 o músico e compositor francês Debussy, Claude, foi também um representante do movimento impressionista francês que "descreveu musicalmente" o aparecimento da luz e sua incidência sobre a mesma catedral das pinturas do seu contemporâneo Monet.
Juntos estão as várias pinturas de Claude, Monet,  o pintor e de Claude, Debussy, o músico, inspirados na mesma Catedral.
Apreciem as pinturas e a música.

(clique na seta para ouvir)




10 das várias versões de pinturas da Série "Catedral de Rouen" por Monet



"Portal da Catedral de Rouen ao Sol -  Harmonia em Azul e Dourado" - Monet

"O Portal da Catedral de Rouen ao Sol" - Monet

"Portal da Catedral de Rouen  de Manhã -  Harmonia em Azul" - Monet

"A Catedral de Rouen na Neblina" - Monet

"Portal da Catedral de Rouen  de Manhã -  Harmonia em Azul e Dourado" - Monet

"Portal da Catedral de Rouen - Harmonia em Azul e Dourado" - Monet

"Portal da Catedral de Rouen a Tarde" - Monet

"Portal da Catedral de Rouen a Tarde" - Monet

"Portal da Catedral de Roue - Harmonia em Marrom" - Monet


Fotografia da Catedral de Rouen, ou Catedral Nossa Senhora de Ruão, na França




"A cor é minha obsessão diária, minha alegria e meu tormento."
(Monet)

"Quanto mais velho fico, mais eu percebo que tenho de trabalhar muito duro para reproduzir o que procuro. O impacto instantâneo da atmosfera nas coisas e a luz, espalhados por tudo"
(Monet)




Outras belas catedrais retratadas por outros artistas:

"Catedral Peterborough" - Thomas Girtin
Pintor inglês (1775-1802)

"São Stephen - Catedral de Vienna"
Aquarela

"São Stephen - Catedral em Vienna"
Aquarela
 

"Vaticano Basílica" - Michel Angelo Pacetti
Pintor italiano (1703-1855)

"Basílica de São Pedro - Vaticano"

"Basílica de São Marcos de Veneza"



Música: "Catedral" - Zélia Duncan e Renato Russo
Compositora: Tanita Tikaran e Zélia Duncan
Para interagir com este tema, a música brasileira de nome "CATEDRAL", em versão interpretada pelo saudoso músico Renato Russo, e pela ótima cantora Zélia Duncan.



Catedral

"Catedral ou Sé é o templo cristão em que se encontra a sede de um bispo e uma diocese, com seu cabido. Deriva do latim cathedra (cátedra, cadeira), de maneira que o nome catedral faz referência ao trono do bispo.
Originalmente usado no Catolicismo, o termo também é empregado para alguns templos ortodoxos, protestantes e pentecostais. Em alguns casos, são ainda chamadas catedrais templos que perderam seu caráter de sede episcopal, como ocorreu com muitas antigas catedrais no Norte da Europa após a Reforma Protestante.

O termo catedral deriva de "cátedra", cadeira de de espaldar alto onde se senta um bispo. Em latim eclesiástico é oficialmente denominada ecclesia cathedralis; porém, de acordo ao título dos prelados à frente da catedral, esta pode ser denominada catedral episcopal, metropolitana, patriarcal ou primada. O adjetivo catedral foi ao longo dos tempos assumindo o caráter de substantivo, e é hoje o termo mais comumente utilizado para designar estas igrejas.
As catedrais eram consideradas a casa principal de Deus (Domus Dei) ou dos santos às quais eram dedicadas, de onde derivam as palavras italiana Duomo e o germânico Dom. Em alguns lugares da Alemanha, como em Estrasburgo, a catedral pode ser conhecida como Münster (derivado de Monasterium) por ter sido administrada no passado por monges, como um monastério. Em português utiliza-se ainda o termo sé catedral — ou apenas "sé" — para designar uma catedral, sendo esta designação derivada da palavra "sede", como em Santa Sé (Santa Sede). Em catalão existe um termo equivalente, o de seu episcopal.
Na Igreja Ortodoxa, o termo "catedral" propriamente não existe, utilizando-se simplesmente o termo "A igreja" ou "A grande igreja" para as sedes episcopais."



Basílica

"Em arquitetura, basílica é um grande espaço coberto, destinado à realização de assembleias cuja origem remonta à Grécia Helenística. O seu modelo foi largamente desenvolvido pelos Romanos, sendo mais tarde adaptado como modelo para os templos cristãos.

A basílica romana foi adotada pelo Cristianismo porque aliava o interior espaçoso adaptado à realização de assembleias, exigido pelo culto cristão, à grandiosidade que convinha à nova religião (note-se o paralelo com o termo "assembleia de Deus". Por outro lado tratando-se de um edifício oficial não seria conotado com o paganismo. Na abside (abóboda), onde antes se situava o tribunal (lugar de poder) situam-se agora os assentos concêntricos do clero e o altar. Esta abside é quase sempre orientada a este. A entrada que antes era feita lateralmente, passa a fazer-se a eixo com o altar: uma reminiscência dos templos egípcios. O seu interior dividia-se longitudinalmente numa nave central flanqueada por duas ou quatro naves Ao corpo principal da igreja foi acrescentado um transversal: o transepto que dividia a igreja em dois espaços - para os fieis e para o clero, e acrescentava o simbolismo da planta em cruz latina. À fachada simples foram acrescentadas duas torres e, por vezes, um nartex (átrio).
O termo também se aplica a igrejas, tal como as igrejas paleo-cristãs concebidas como mundos interiores que representam o civitas dei."





CATEDRAIS E BASÍLICAS EM FOTOGRAFIAS

Algumas das importantes Catedrais e Basílicas do Mundo


Basílica de Jerusalém




Basílica de São Pedro - Vaticano




Basílica de São Marco - Veneza - Itália



Basílica Sacre-Couer (Sagrado Coração) - Paris - França



Basílica de Fátima - Portugal




Basílica de Aparecida - Brasil




Catedral da Cantuária - Inglaterra




Catedral da Sé de Lisboa - Portugal




Catedral da Sé de São Paulo - Brasil




Catedral Metropolitana de Porto Alegre - Brasil




Catedral Metropolitana de Curitiba - Brasil

 



Catedral de São Giusto - Trieste - Itália




 Catedral São Estevão - Viena - Áustria




Catedral de São Patrício - Nova York - Estados Unidos da América




Catedral São Vitus - Praga - República Checa




Catedral de São Paulo - Londres - Inglaterra




Catedral da Sé de Porto - Portugal





Basílica da Estrela - Lisboa - Portugal




Catedral de Well - Inglaterra




Nenhum comentário:

Postar um comentário