Translate

29 de junho de 2013

PINTURAS RELIGIOSAS DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO





ARTE E RELIGIÃO


PINTURAS DOS SANTOS PEDRO E PAULO



Festa de São Pedro e São Paulo
Dia 29 de Junho


Nesta data a Igreja do mundo inteiro celebra a santidade de vida de São Pedro e São Paulo apóstolos.
"Estes santos são considerados os 'cabeças dos apóstolos',
por terem sido os principais líderes da Igreja Cristã Primitiva." 

Ícone dos Santos Pedro e Paulo

São Pedro e São Paulo

São Pedro e São Paulo - El Greco



Música: Canto Ortodoxo Russo: "A Glorificação de São Pedro e São Paulo"




São Pedro e São Paulo


São Pedro

"Arrependimento de São Pedro" - Guido Reni
Pintor italiano (1575-1642)


Simão Pedro é considerado o primeiro discípulo de Jesus.
Obedeceu ao Senhor, edificou a primeira igreja cristã e foi o primeiro Papa.


"Cristo Entrega Chave dos Céus a Pedro" (detalhe da Pintura abaixo) - Perugino
Pintor renascentista  italiano (1450-1523)

"Cristo Entrega Chave dos Céus a Pedro" (detalhe da Pintura abaixo) - Perugino
Pintor renascentista  italiano (1450-1523)


 "Pedro na Prisão" - Rembrandt
Pintor barroco holandês (1606-1669)

"São Pedro Chorando diante da Virgem" - Guercino
Pintor barroco italiano (1591-1666)


A Libertação de Pedro pelo Anjo


"Apareceu um anjo do Senhor, e uma luz brilhou na cela, onde Pedro estava.
O anjo o acordou e disse: 'Depressa, levante-se!' Então as algemas caíram dos punhos de Pedro.
O anjo lhe disse: "Vista-se e calce as sandálias". E Pedro assim o fez. Disse-lhe ainda o anjo: 'Ponha a capa e siga-me'. 
E, saindo, Pedro o seguiu, não sabendo que era real o que se fazia por meio do anjo; tudo lhe parecia uma visão."

"A Libertação de Pedro" - Bartolomé Esteban Murillo
Pintor barroco espanhol (1618-1682)

"A Libertação de Pedro" - Bernardo Strozzi
Pintor barroco italiano (1591-1644)

"Libertação de  São Pedro" (detalhe da pintura abaixo) - Rafael
Pintor renascentista italiano (1483-1520)

"Libertação de  São Pedro" - Rafael
Pintor renascentista italiano (1483-1520)

"Libertação de Pedro" - Gerrit van Honthorst 
Pintor holandês 
(1592-1656)

"A Cruxificação de Pedro" - Caravaggio
Pintor barroco italiano (1571-1610)


Música: "Glória em  Deus Superior" - Bach





Simão Pedro - São Pedro

"Segundo a Bíblia, seu nome original não era Pedro, mas Simão. Nos livros dos Atos dos Apóstolos e na Segunda Epístola de Pedro, aparece ainda uma variante do seu nome original, Simão. Cristo mudou seu nome para כיפא, Kepha (Cefas em português, como em Gálatas 2:11), que em aramaico significa "pedra", "rocha", nome este que foi traduzido para o grego como Πέτρος, Petros, através da palavra πέτρα, petra, que também significa "pedra" ou "rocha", e posteriormente passou para o latim como Petrus, também através da palavra petra, de mesmo significado."



O Pescador de Homens
O Santo Padroeiro dos Pescadores

"Antes de se tornar um dos doze discípulos de Cristo, Simão Pedro era pescador.
Teria nascido em Betsaida e morava em Cafarnaum. Era filho de um homem chamado João ou Jonas e tinha por irmão o também apóstolo André. Simão e André eram "empresários" da pesca e tinham sua própria frota de barcos, em sociedade com Tiago, João e o pai destes, Zebedeu .
Segundo o relato em Lucas 5:1-11, no episódio conhecido como "Pesca milagrosa", Pedro teria conhecido Jesus quando este lhe pediu que utilizasse uma das suas barcas, de forma a poder pregar a uma multidão de gente que o queria ouvir. Pedro, que estava a lavar redes com Tiago e João e Zebedeu, concedeu-lhe o lugar na barca, que foi afastada um pouco da margem.
No final da pregação, Jesus disse a Simão que fosse pescar de novo com as redes em águas mais profundas. Pedro disse-lhe que tentara em vão pescar durante toda a noite e nada conseguira mas, em atenção ao seu pedido, fá-lo-ia. O resultado foi uma pescaria de tal monta que as redes iam rebentando, sendo necessária a ajuda da barca dos seus dois sócios, que também quase se afundava puxando os peixes. Numa atitude de humildade e espanto Pedro prostrou-se perante Jesus e disse para que se afastasse dele, já que é um pecador. Jesus encorajou-o, então, a segui-lo, dizendo que o tornará 'pescador de homens'."





SÃO PAULO - APÓSTOLO

"São Paulo" - Pompeu Girolamo
Pintor italiano (1708-1787)



Paulo de Tarso foi o maior escritor do cristianismo primitivo, cujas obras compõe parte do Novo Testamento Bíblico.




"A Conversão de São Paulo" - Niccolo Dell' Abbate
Pintor italiano (c.1509-1571)

"A Conversão de Paulo em Damasco" - Caravaggio
Pintor barroco italiano (1571-1610)

"A Conversão de Paulo em Damasco" - Caravaggio
Pintor barroco italiano (1571-1610)

"A Conversão de Saulo" - Luca Giordano - Pintor barroco italiano (1632-1705)

"São Paulo"- El Greco
Pintor grego (1541-1614)

"Paulo Preso" - Rembrandt
Pintor barroco holandês (1606-1669)
"Paulo Preso" - Rembrandt
Pintor barroco holandês (1606-1669)

"Paulo em Frente à Escrivaninha" - Rembrandt
Pintor barroco holandês (1606-1669)



Saulo de Tarso - Apóstolo Paulo

"Paulo de Tarso, também chamado de Apóstolo Paulo, Saulo de Tarso. São Paulo, foi um dos mais influentes escritores do cristianismo primitivo, cujas obras compõem parte significativa do Novo Testamento. A influência que exerceu no pensamento cristão, chamada de "paulinismo", foi fundamental por causa do seu papel como proeminente apóstolo do Cristianismo durante a propagação inicial do Evangelho pelo Império Romano.
Conhecido como Saulo antes de sua conversão, ele se dedicava à perseguição dos primeiros discípulos de Jesus na região de Jerusalém. De acordo com o relato na Bíblia, durante uma viagem entre Jerusalém e Damasco, numa missão para que, encontrando fiéis por lá, "os levasse presos a Jerusalém", Saulo teve uma visão de Jesus envolto numa grande luz. Ficou cego, mas recuperou a visão após três dias e começou então a pregar o Cristianismo.
Juntamente com Simão Pedro e Tiago, o Justo, ele foi um dos mais proeminentes líderes do nascente cristianismo. Era também cidadão romano, o que lhe conferia uma situação legal privilegiada."

George de la Tour
Pintor barroco francês (1593-1652)

"Ainda que eu fale todas as línguas dos homens e dos anjos,
se não tiver amor sou como o bronze que soa ou o sino que retine... mesmo que tivesse toda a fé a ponto de transportar montanhas, se não tiver amor, não serei nada."
(Apóstolo Paulo)


Nenhum comentário:

Postar um comentário