Translate

28 de agosto de 2012

ARQUITETURA DAS OBRAS FARAÔNICAS








ARTE E ARQUITETURA

A ARTE COMPARANDO AS OBRAS FARAÔNICAS ANTIGAS E ATUAIS




Das Pirâmides às Novas Obras Faraônicas



"Nas Nuvens"-Acrílica s/Papel-2001
Denise D'O. Ludwig
(Foto: João D'Oliveira)


A Arte é Viva

Primeiramente quero introduzir aqui sobre a arte ser viva, estar em constante mutação, assim como a linguagem falada e escrita são vivas. Todas as formas de arte sofrem mudanças, positivas na grande maioria, no decorrer do tempo. Toda a cultura do mundo evolui , dependendo dos lugares e suas diversidades, a cultura está em constante mudança.
Desde as primeiras mais remotas manifestações artísticas até os tempos atuais, podemos acompanhar a arte indagando como e porquê chegou até aqui e para onde irá?!
Qual é a razão dos homens construírem, por exemplo, edifícios cada vez mais altos?



A começar pelas Pirâmides. Por qual motivo elas foram construídas? 


Já sabemos que foi para abrigar seus faraós mortos. Mas antes quero ressaltar um fato, havia um fundamento religioso para isto. Então eram construções com o principal objetivo de proteção a seus Faraós.


  "A religião do Egito Antigo era politeísta, pois os egípcios acreditavam em vários deuses. Acreditavam também na vida após a morte e, portanto, conservar o corpo e os pertences para a outra vida era uma preocupação. Mas somente os faraós e alguns sacerdotes tinham condições econômicas de criarem sistemas de preservação do corpo, através do processo de mumificação. A pirâmide tinha a função abrigar e proteger o corpo do faraó mumificado e seus pertences (jóias, objetos pessoais e outros bens materiais) dos saqueadores de túmulos. Logo, estas construções tinham de ser bem resistentes, protegidas e de difícil acesso. Os engenheiros, que deviam guardar os segredos de construção das pirâmides, planejavam armadilhas e acessos falsos dentro das construções. Tudo era pensado para que o corpo mumificado do faraó e seus pertences não fossem acessados".

(fonte: suapesquisa.com/egito)


Vídeo-música - Sons e Imagens do Egito



Video-Música, música ópera de Wagner: "Entrada dos Deuses em Valhalla"
(escolhi esta música para ilustrar a "Torre de Babel", que citei embaixo das fotos)






"PIRÂMIDES DE GUISE - Queops-Quefren - Miquerinos" - Cairo- EGITO



Abaixo alguns exemplos atuais de obras faraônicas, arranha-céus, de alturas exorbitantes. 
E pergunta-se, qual a razão para o homem atual construir tão grandiosos edifícios? 
A resposta mais simples é senão por pura ostentação, status e poder econômico. 
Cada país em sua grandiosidade mostrando sua riqueza nas " alturas".
Detalhe da Torre da Sears nos Estados Unidos da América, bem antiga, que data 1973. Comparada com a mais nova e a mais alta que é a Torre de Dubai nos Emirados Árabes Unidos que ficou pronta em 2010.


Edifício Torre Dubai (Burj Dubai)  - Burj Khalifa - DUBAI - Emirados Árabes Unidos - 2010
É o edifício mais alto do mundo com 828 metros de altura


"The  Burj" Dubai - 828 metros


Edifício Sears Tower - CHICAGO-EUA- 1973 (527 metros de altura)


No Brasil dois dos edifícios mais altos estão localizados
em São Paulo

Edifício Banespa SÃO PAULO - 1965 (165 metros de altura)

Edifício Mirante do Vale, de 1966, em SÃO PAULO é o mais alto da cidade
(166 metros de altura)
Ponte no Sul da FRANÇA - (341 metros de altura)



Dubai é um grande "canteiro de obras" da atualidade



"Palm Jumeirah" (Condomínio da Palmeira) - DUBAI - Emirados Árabes Unidos

Taipei Tower - TAIWAN - 509 metros de altura

Edifício Financeiro World Trade - Changai - CHINA
Outro país que é também um  "canteiro de obras"



A Torre de Babel

ABAIXO: Um mito, ou lenda, muito interessante sobre uma grandiosa obra é "A Torre de Babel", da antiga Babilônia. O motivo para "construírem" uma torre tão alta numa explicação mais simples era para que os povos alcançassem o Céu. Esta torre é citada na Bíblia no Antigo Testamento, no Livro do Genesis. Ela teria sido construída pelos descendentes de Noé, na época em que o mundo inteiro falava apenas uma língua. Era localizada na antiga Mesopotâmia, onde hoje é o Iraque.
"A soberba dos homens em se empenharem na empreitada de alcançar o mundo dos deuses teria causado a fúria de Deus, causando uma grande ventania para derrubar a torre e espalhar as pessoas sobre a terra com idiomas diferentes, para confundi-las. Por este motivo, o mito é entendido hoje como uma tentativa de se explicar a existência de tantas línguas diferentes no mundo". (fonte: infoescola.com/civilização da Babilônia)

"Torre de Babel" - Óleo s/Painel de Madeira - c.1563 - Pieter BRUEGEL


6 comentários:

  1. EXCELENTE ESSA POSTAGEM...MAIOR ORGULHO DE VOCÊ PRIMA...ADOREI LER E SABER...VOCÊ FALOU DAS MINHAS PAIXÕES, ARTE E ARQUITETURA... GRANDE BEIJO.CIBELE DO ZÉ.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cibele (e Zé Luiz)super obrigada primos queridos. Arquitetos profissionais são vocês. Eu só aprecio olhando. Minha paixão pelas artes é antiga e agora que não estou dando aulas, estou neste mundo virtual. Beijos.

      Excluir
  2. Bacana!!! suas postagens sempre agregam conhecimento...mas o que gosto mesmo são de suas pinturas e creio que o foco maior deva ser sua obras que falam por si só!!!!!

    de qualquer modo seu blog é uma aula imperdível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Dani querido. Então, não consigo deixar meu lado professora "de lado", ainda quero passar algumas coisas teóricas por aqui, alguns detalhes como as interligações entre as artes, a religião, a ciência, a tecnologia...enfim, tudo misturado. Minhas pinturas e os desenhos coloridos em papel, estão juntos por aqui. Beijos.

      Excluir
  3. Postagem de tirar o fôlego, Denise. Olhe, apesar de eu ser uma curiosa por natureza, não conhecia os prédios mais altos do mundo...

    São sempre incríveis os motivos que levam o homem a construir suas colossais edificações e, como vimos por aqui, no seu acurado post, nenhum é pensando na funcionalidade e habitação propriamente ditas. Interessante observar essas motivações que o move desde sempre.

    Quem mandou construir a torre de Babel foi Ninrode. Era sobrinho- neto de Sem (filho de Noé). Era neto de Cam.

    E disseram: Eia, edifiquemos nós uma cidade e uma torre cujo cume toque nos céus, e façamo-nos um nome, para que não sejamos espalhados sobre a face de toda a terra.
    Gênesis 11:4

    O Senhor havia ordenado a Noé e seus filhos, "ide e multiplicai-vos e espalhai-vos enchendo toda a terra." Então, além de Ninrode querer se fazer como o próprio Deus, ainda desobedeceu sua ordenança, querendo ajuntar os homens a volta de si, ao invés de espalhar, para reinar sobre eles. O Senhor foi e confundiu as pessoas com os novos idiomas e, por isso, tiveram de se espalhar segundo a fala de cada um que, até então, era aquela mesma falada no Éden.

    Não lembrava que ficava no Iraque. Mesopotâmia e, antes, Babilônia, que teria vindo de "Babel". Nos originais "Bavel". Boa lembrança! *-*
    Diz-se que há vestígios da torre de Babel lá no Iraque e, por causa das confusões diplomáticas e políticas não se pode ir averiguar, assim como a Arca de Noé. Acharam, contudo, as fundações e tijolos com inscrições do rei Nabucodonosor.

    Amei a co-relação que fez de sua bela obra "nas nuvens" com os edifícios que chegam literalmente acima das nuvens!
    =0)
    Aline

    ResponderExcluir
  4. Aline querida, seus comentários me incentivem e é uma uma aula complementar para mim. Tudo que falou é muito interessante, realmente há achados em ruínas que poderia ser a base da torre de babel. Estas interligações como chamo, entre as artes, arquitetura incluída, e a religião e tudo mais é que gosto de pesquisar. E também colocar o passado com a atualidade é legal né?
    Na antiguidade era tudo criado com base na religiosidade....e agora?? Só poder e mais ganância...etc. Vamos ter fé que os povos voltem-se às origens, a pensar Maior no sentido mais humano e nao frio como estes edifícios acima....tanta frieza e eu ainda quero morar um dia perto do mar....longe da cidade grande. *) bjos

    ResponderExcluir